11 3121 2888

Toscana

A região da Toscana, localizada na porção oeste e central da Itália, é uma protagonista inquestionável quando falamos de turismo internacional. São inúmeras as atrações desse pedaço mágico de terra que se estende desde a cordilheira dos Apeninos (que corta as regiões central e leste do país) até o mar Tirreno (parte do mar Mediterrâneo, que se estende ao longo da costa oeste italiana). São dez distritos (ou províncias) ali contidos, a saber: Florença (considerada sua capital regional), Arezzo, Grosseto, Livorno, Lucca, Massa Carrara, Pisa, Pistoia, Prato e Siena. Uma viagem por eles te leva a um universo riquíssimo, tanto em termos históricos como de belezas naturais, com diversas opções de exploração. Vamos aqui dar um relato do que elas apresentam de melhor (incluindo dicas gastronômicas, claro, já que a região transborda aroma e sabor!) e você verá que não faltarão motivos para que seu próximo destino seja a Toscana, onde tudo é possível!

01

02

FLORENÇA

O distrito de Florença reúne não só a famosa cidade de mesmo nome, como as regiões de Mugello, Montagna Fiorentina, Valdarno, parte de Chianti e Empolese-Valdesa. Todas são belas, mas é inegável que Florença alcança um destaque especial. Berço do período renascentista (entre o fim do século XIV e início do XVI), atrai turistas do mundo todo que vão para lá admirar suas maravilhosas igrejas, monumentos suntuosos e museus que contam uma rica parte da história da humanidade, tanto que a cidade é considerada patrimônio histórico mundial pela UNESCO. Destaque para a Piazza del Duomo, considerada o coração histórico e religioso da cidade. Ao seu redor, inúmeras edificações que retratam a fantástica arquitetura local, como a Giotto’s Bell Tower e o Museu de Ópera di Santa Maria del Fiore. Imperdível também uma visitação na Piazza della Signoria, e a mundialmente conhecida Galeria Ufizzi, com trabalhos de Botticelli, Michelangelo e Leonardo da Vinci. Nosso pequeno roteiro básico inclui ainda a famosa Ponte Vecchio, mais um cartão postal da cidade. Mas a região oferece muito mais, além de Florença. Maravilhas naturais, artísticas e históricas parecem se multiplicar. Mugello, Empoli e Montalbano são verdadeiros museus a céu aberto e o Vale Chianti (terra do famoso vinho), com seus campos de uvas e olivas abriga pequenos vilarejos que te levam a um universo mágico, imperdível!

03

04

AREZZO

Para visitar o distrito de Arezzo, comece pela cidade de mesmo nome, conhecida por suas fantásticas peças de ouro e outros metais preciosos em exposição no Museu de Arte Medieval e Moderna, além da Basílica de San Domenico e o Museu Diocesan, outros marcos de Arezzo. Imperdível também o Museu Arqueológico, que mostra a importância da cidade durante o período de domínio Etrusco (entre os séculos VIII e III A.C) e a Igreja de Saint Francis, com obras marcantes do renascimento, como do pintor italiano Piero Della Francesca. Outras pequenas cidades como Monterchi e Sansepolcro também possuem catedrais, construções históricas e obras renascentistas lindas, sempre acompanhadas do charme de uma época que só volta se você ir para a Toscana! Não deixe de visitar Caprese Michelangelo, cidade onde nasceu o grande Michelangelo e suas vizinhas Cortona e San Giovanni Valdarno, com suas fantásticas igrejas medievais. Aula de história! E como se não bastasse, Arezzo também é berço de delícias gastronômicas, destacando-se entre muitas o seu “prosciutto” (presunto curado e seco), sem igual no planeta.

05

06

GROSSETO

Sua primeira parada é na cidade de Grosseto mesmo, para conhecer o Forte Medici, uma fantástica fortificação, construída entre 1561 e 1563, assim como a principal catedral da cidade em estilo gótico, a igreja de São Francisco e o Museu Arqueológico e de Arte, que possui pinturas e descobertas arqueológicas importantes. Nessa mesma linha, é obrigatória uma passagem pela pequena cidade de Massa Marittima, que tem todo o seu esplendor medieval intacto, destacando-se o Palácio Pretorio. Vilas tradicionais são abundantes no distrito, como as cidades de Scansano (terra onde nasceu o vinho Morellino), Civitella Marittima (com ruas estreitas e prédios renascentistas) e a Città Del Tufo (rodeada pelos vales Pitigliano, Sorano e Sovana, é rica em restos da civilização etrusca, e dos períodos medieval e renascentista). Mas, assim como os distritos mencionados e os que estão por vir, Grosseto também é conhecido por suas belezas naturais. Nesse contexto, destaque para as belas praias de Giannella e Feniglia, o lago Accesa (em Massa Marittima) e a Ilha de Giglio e seu maravilhoso castelo de mesmo nome, localizado no alto de uma montanha, com imagens deslumbrantes, acompanhadas de um por do sol inesquecível! Esportes aquáticos estão disponíveis por toda a costa desse território, como vela e mergulho. Parques e reservas naturais também estão presentes, com destaque para a Riserva Naturale Laguna di Orbetello, popular pela incrível diversidade de pássaros presente.

07

08

LIVORNO

A cidade de Livorno abriga um dos portos mais importantes da Itália e é casa da Academia Naval Italiana. Ela ainda conserva todo o charme de seu apogeu, na época dos Medicis, entre os séculos XVI e XVII. Destaque para o forte Fortezza Vecchia, a catedral e o porto de Via Grande. Livorno também possui a Venezia Nuova (Nova Veneza), com seus canais, pontes e edificações históricas, lugar conhecido também por abrigar os melhores bares e restaurantes da região. Aproveitando-se ainda da maravilhosa costa Toscana, viste o Golfo de Baratti, com sua bela praia cercada por registros históricos da ocupação etrusca. Ainda no binômio natureza/aula de história, vá ao Parco Archeominerario di San Silvestro, que preserva indícios das atividades minerais na antiguidade. Outros dois lugares imperdíveis para se ir são a vila de Suvereto e a Ilha de Elba. A primeira traz todo o charme italiano, acompanhado de uma vista esplendorosa por estar situada em montanhas, com destaque ainda para a igreja de San Giusto, situada no coração da vila. Já Elba é conhecida pelas águas cristalinas e pela sua encosta escarpada, onde grandes montanhas se misturam com o azul único do Mediterrâneo. A região, além de oferecer esportes aquáticos de todos os tipos, também proporciona trilhas a serem feitas a pé ou de bicicleta, justificando a fama da Toscana ser um dos destinos preferidos dos amantes do chamado “Mountain Biking”.

09

10

LUCCA

Localizado na região noroeste da Toscana, o distrito de Lucca tem cenários distintos, magníficos, que se completam como a cadeia de montanhas do Parco delle Alpi Apuane, que forma um fantástico pano de fundo para as praias de Versilia. Ou ainda as montanhas cobertas de plantações de oliva que dominam o cenário de Garfagnana. Comece seu roteiro por Lucca, que conserva seus traços medievais, com ruas estreitas e torres de pedra que remetem a sua origem anciã. Templos religiosos, como o Duomo de San Martino e a basílica de San Frediano, espalham-se por essa mágica cidade. Museus e palácios com arquitetura etrusca, romana devem ser visitados, destacando-se entre eles o Museu Nacional e o Palazzio Mansi. Nem mesmo a casa onde nasceu o grande compositor Giacomo Puccini merece escapar, já que o local foi convertido em museu, com documentos e curiosidades desse gênio da ópera. O interior da região apresenta pequenas vilas construídas entre os séculos XVI e XIX, como a Villa Torrigiani e Villa Mansi, ambas com seus maravilhosos jardins. Imperdível também uma visita a Grotta del Vento, um magnifico sistema de cavernas, com espetaculares estalactites, formadas durante milênios! Para finalizar, visite Viareggio, famosa pelo seu carnaval, lindas praias e a fervilhante vida noturna!

01

02

MASSA-CARRARA

Outro distrito que faz a mágica combinação das belezas da costa italiana com as fantásticas montanhas de seu interior. Rica em acomodações para os turistas, incluindo modernos resorts a beira-mar, ou refúgios espetaculares para casais enamorados nas montanhas, Massa-Carrara tem diversas marcas registradas. Difícil é escolher uma entre elas. Que tal visitar as magnificas cavernas de mármore branco, encravadas no interior dos Alpes Apuan, ou seus castelos, nesses mesmos alpes, que parecem saídos de um conto de fadas? Nem é preciso dizer que existem fantásticas pistas de esqui por lá. Ou os parques naturais de Lunigiana, que se esparramam entre os próprios Alpes Apuan e os Apeninos? Suas duas principais cidades, Massa e Carrara (sim, a do famoso mármore, com museu destinado exclusivamente ao tema), trazem isso e muito mais, como catedrais e palácios medievais. Aqui também são oferecidos roteiros da chamada enogastronomia, para os amantes de comida e vinhos de primeiríssima! Visitando vilas típicas italianas, com suas paisagens maravilhosas, será possível massagear sua alma combinando tudo isso com aromas e sabores únicos no mundo!

03

04

PISA

Para começar a desvendar os segredos dessa província, comece por Pisa mesmo e sua famosa torre inclinada que, na verdade, faz parte de um complexo (Campo dei Miracoli) de monumentos tombados pela UNESCO, considerados patrimônios da humanidade. Além da torre (conhecida como Torre do Sino, que teve sua construção iniciada em 1173, paralisada por conta do afundamento que sofreu, para ser concluída em 1275, tem 294 degraus e serviu de experimentos para Galileo Galilei sobre a força da gravidade), temos a praça e a basílica, ambas retratos fieis da arquitetura romana. Viste também a Piazza dei Cavalieri, construída durante o século XVI, que engloba também o palácio de mesmo nome e ainda o Museo Nazionale di San Matteo, com obras do período renascentista. O interior do distrito é belo em paisagens, que podem ser exploradas a pé, de bicicleta ou a cavalo. Pelos lados costeiros, imperdível a visita a Marina di Pisa, com suas típicas vilas de Art Nouveau e Tirrenia, com sua vegetação esplendorosa. Em tempo. Não deixe de experimentar os banhos termais em San Giuliano, Uliveto ou Casciana, todas mundialmente famosas pelas suas termas e a qualidade terapêutica de suas águas.

05

06

PISTOIA

Monumentos artísticos únicos, belezas naturais, variedade de esportes, tudo você encontra na província de Pistoia, localizada entre Florença, Lucca e Pisa. São muitas as atrações, opções não faltam. Tours de arte, excursões pelas montanhas, spas, ecoturismo e roteiros gastronômicos. Se um pedaço de terra oferece tudo isso, difícil fica resumir suas principais atrações, mas nós vamos fazer isso para você! As épocas medievais, da renascença e barrocas encontram grandes expressões nas cidades de Pistoia e Pescia, retratadas nas suas praças, palácios, monumentos e galerias. Visita-las é como fazer uma viagem de volta no tempo. Em Pistoia, aconselhamos você a caminhar pela cidade, com suas ruas estreitas, praças e palácios. Se for amante do esqui, visite a montanha Pistoia, uma das mais belas em todos os Apeninos, com pistas para todos os gostos. Já em Pescia temos, mais uma vez, a mágica combinação arte e natureza. No primeiro quesito, destaque para a igreja de San Giuliano e o oratório de Sant’Antonio Abate, com a famosa escultura em madeira do século XIII, “Os Santos Feios” (The Ugly Saints). Já a parte norte da cidade (conhecida por Svizzera Pesciatina) é recortada por rios e florestas e um vale magnífico. Outras localidades na província também são imperdíveis para os amantes da natureza, como Valdinievole e suas 190 espécies de pássaros ou Montalbano, com suas florestas e campos de oliva, convidativos para caminhadas a pé ou a cavalo. Complemente seu roteiro com Montecatini e suas incríveis aguas termais (spas de primeira são encontrados na região) e Collodi, terra de Pinóquio e de um parque temático dedicado ao famoso personagem.

07

08

PRATO

Encravada no coração da Toscana, a província de Prato é conhecida pela sua diversidade cultural, belezas naturais e por ter sido berço da produção têxtil italiana. Na cidade de Prato temos um museu dedicado ao tema, mantido em uma localidade que abrigava uma antiga fábrica têxtil, com documentos, máquinas e imagens que te levam desde o século V até os dias de hoje. Imperdível também a visita ao Castello dell’Imperatore e o museu Duomo, com obras de Agnolo Gaddi, Paolo Uccello, Donatello, Michelozzo e outros renomados artistas do século XIV e da renascença. Mas se você é amante de arte contemporânea também, o Luigi Pecci Center de Arte Contemporânea te espera com obras dos mais significativos artistas mundiais dos últimos 30 anos. O distrito é também um espelho do domínio etrusco, com raridades arqueológicas em Comena e Artimino e outros tesouros, como a abadia de Val di Bisenzio em Carmignano, ou as vilas da época dos Medicis, em Poggio e Caiano. A região é famosa ainda pelas suas deliciosas sobremesas, pelos vinhos de Carmignano ou os Pinot Nero de Bagnolo.

09

10

SIENA

O distrito abriga uma das porções mais fascinantes do território Toscano, com as montanhas de Chianti (do famoso vinho) e os magníficos vales de Val D’Elsa, Val D’Arabia, Val de Chiana e Val d’Orcia e o Monte Amiata (com trilhas fantásticas para o esqui). Com uma beleza natural única, é a região da Toscana mais convidativa para trilhas, passeios de bicicletas ou cavalgadas, fartamente disponíveis na região, combinando paisagens deslumbrantes, com castelos e palácios medievais. São 14 reservas naturais para serem visitadas com destaque para as reservas do lago Montepulciano (com inúmeras espécies de aves raras), Lucciola Bella (que proporciona uma espetacular vista do Vale d’Orcia) e Pietraporciana (com suas florestas milenares). Amantes da comida podem se deliciar com roteiros enogastronômicos, através dos campos de oliva e de uvas, acompanhados de visitas em pequenas fazendas, para experimentar os produtos típicos da região, além dos excelentes vinhos disponíveis. O território também é farto em localidades conhecidas pelos seus magníficos spas termais em Bagni de San Filippo, Bagno Vignoni, Terma Chianciano, Terma Rapolano e San Casciano dei Bagni. Apesar dessa vasta lista de opções naturais para você, obviamente que a região também reserva mais uma aula de história a céu aberto, com destaque para a Piazza del Campo, em Siena, da época medieval ou o santuário de Santa Catherina de Siena, padroeira da Itália. Finalize com visitas a Monteriggioni e San Gimignano no Val D’Elsa, conhecidas por suas torres que remetem a um skyline único no planeta!

01

02

03

ONDE FICAR

- Castello Del Nero, Florença

Site: http://www.castellodelnero.com/

04

05

- Castello di Casole, Siena

Site: http://www.castellodicasole.com/

0

07

- Castiglion Del Bosco, Siena

Site: http://www.castigliondelbosco.com/estate/default.aspx

08

09

ONDE COMER

A gastronomia é um capítulo a parte na Toscana! Todas as províncias descritas possuem uma variedade e qualidade de comidas e bebidas que não encontra paralelo na Terra! Não é a toa que roteiros gastronômicos existem em profusão. Receitas originais de pastas, peixes, carnes, cordeiros, frangos, porcos, vegetais e sopas se combinam, transformando-se em deliciosos pratos, capazes de satisfazer o mais exigente dos gourmets. Tudo regado com os melhores azeites! Pães tradicionais, feitos na hora! E as sobremesas então? Trufas, nozes, castanhas. Frutas, doces. Gran Finale! Presuntos, salames, queijos, imagine o que quiser! E os vinhos? Só de mencionar já estamos inebriados! Chianti, Brunello de Montalcino, Trebbiano, Cortona, Valdichiana, só para citar os principais, verdadeiras obras-primas, feitas com as melhores espécies de uvas do mundo, e que rivalizam, cabeça a cabeça, com as melhores marcas francesas. Isso não é um acaso, muito pelo contrário. O relevo e o clima na Toscana são ideais para favorecer o correto amadurecimento das uvas. Ou seja, um pedaço de terra que combina monumentos históricos únicos, arte, belezas naturais, possibilidades infinitas de esportes aquáticos e terrestres, spas com águas termais. Querer o que mais? A Toscana te espera!

 

Sobre o Autor
Desde 1997 atuando no mercado, a Sete Mares Turismo mantém foco no atendimento diferenciado, adaptando sua estrutura às necessidades de seus clientes. Somos uma agência especializada no turismo de luxo, oferecendo o que há de melhor no segmento do lazer, com opções para todos os gostos.

Leave a Reply

*